• Facebook
  • Twitter
  • White Instagram Icon

CNPJ 13.676.025/0001-51

Initia Via Editora Ltda. ©2011-2019 

Fundamentos de psicopatologia fenomenológica e daseinsanalyse
por Roberto Ernesto Schmidlin

1ª edição, Belo Horizonte: Initia Via, 2018, 300p.


ISBN 978-85-9547-018-7 [Digital]

ISBN 978-85-9547-017-0 [Impresso]

Descrição: "As lições que Schmidlin nos brinda em seu livro vêm sendo elaboradas ao longo de seus tantos cursos e contatos com alunos diversos, e em décadas de aprofundados estudos, desde seu mestrado com o professor de filosofia José de Anchieta, de quem me lembro frequentando ativamente os antigos congressos mineiros de psiquiatria. Embora utilize em seus cursos e livro vasta bibliografia em espanhol, o autor é fluente no idioma alemão e certamente soube aproveitar disso em sua imersão na filosofia e psicopatologia continental europeia.
O resgate desses conhecimentos é necessário e útil em muitos aspectos. Muito do que compõe a mente não é derivável apenas do biológico e abordável nos moldes das ciências naturais: a história, a cultura, a linguagem, a intersubjetividade. Nada disso se encontra ali nos neurônios, assim como muito da psicopatologia também não. Temos a oportunidade, com Schmidlin, de apreciar concepções valiosas e refinadas sobre essas questões. E daí descortinar novas perspectivas, conceituais ou que possam ser investigadas empiricamente." - Maurício Viotti Daker

Sinopse: "A Fenomenologia superou suas origens idealistas desgarrando-se das filosofias que a inspiraram num primeiro momento. É com base nessa diferença que se deve entender o equívoco da psicologia “existencial-humanista” de origem norte-americana, fortemente atada ao conceito de um eu como entidade, um eu substancializado, naturalizado, seja na forma de um “self”. É nisso que reside a importância da abordagem que queremos apresentar a seguir, uma forma totalmente nova e original de entender o ser humano e seu sofrimento, sem reduções. Compreendê-lo em seu modo mais próprio de ser. Não é um produto terminado. É um caminho, em grande parte por ser feito. É um horizonte, algo sendo perseguido. Aberto, incompleto, nos desafiando a encetá-lo, desafiando-nos a correr riscos teóricos, riscos cognitivos. Mas com a alegria e a excitação proporcionadas por projeto vigoroso que nos abre a porta para a iluminação de um campo epistemológico, para o desvelamento do sentido do ser que, assim, é posto na clareira da presença." - Roberto Schmidlin.

#psicologia #psicopatologia #fenomenologia #existencialismo #daseinanalyse #análise #Heidegger